Tóquio 2020: Judocas UniAteneu na seletiva das Olimpíadas

Competição, que classifica paras as Olimpíadas – Tóquio 2020, acontece em dezembro 

Toquio-2020

Os atletas UniAteneu Yasmim Lima, Rodrigo Abner, Erika Hellen, Emília Soares e Hytala Fernanda garantiram no fim de Outubro acesso à Seletiva Nacional Projeto Tóquio 2020, competição que define a equipe principal da Seleção Brasileira de Judô na próxima Olimpíada. A notícia, divulgada pela Confederação Brasileira de Judô – CBJ, foi confirmada nas últimas semanas pela Federação Cearense de Judô – FECJU.

Os judocas e alunos dos cursos de Engenharia de Produção, Enfermagem e Fisioterapia do Centro Universitário Ateneu serão os únicos representantes do Estado do Ceará na disputa em dezembro, que acontecerá no Centro Pan-Americano de Judô, em Lauro de Freitas, BA.

A conquista da participação na seletiva se deu a partir de indicação pela Comissão Técnica da CBJ e do Ranking Nacional Sênior 2018, definido pelo Campeonato Brasileiro Sênior de Judô, com os atletas classificados entre a 1ª e a 9ª colocação.

Para a Gestora do Núcleo de Esportes da UniAteneu, Eliatriz Almeida, os resultados positivos que os atletas vêm obtendo mostram dedicação e eficiência nos treinos, aliado ao apoio da equipe de técnicos e comissão.

“Fico muito feliz com o desempenho individual dos nossos atletas, que vêm conquistando destaques regionais, nacionais e até mundiais. É gratificante ver que toda essa dedicação está resultando em frutos positivos. Sempre buscamos oferecer o melhor, e como técnica, sei que não é fácil chegar aos resultados que traçamos, mas com muito foco e trabalho seguiremos conseguindo”, afirma Eliatriz.

Para Yasmim Lima, 21, atual campeã brasileira sênior, o título nacional foi mais um degrau rumo a um objetivo maior. “Fique realmente muito feliz por ter alcançado o título, foi uma conquista histórica para mim, mas a hora de comemorar ficou para trás. Agora o foco é total para essa seletiva, pois o objetivo se tornou ainda maior e mais desafiador. Quero chegar até lá e cravar minha vaga para Tóquio 2020”.

A atual campeã nacional não está sozinha nesse sonho, a notícia da participação na seletiva foi recebida com muita alegria, mas com certa normalidade para Erika Hellen, 23. “A classificação foi uma ótima notícia, apesar de já ser esperada, por conta dos bons resultados que vinha obtendo. É a minha 5º edição de seletiva olímpica, e minhas expectativas são as melhores. Espero lutar bem, dar o meu melhor e finalizar o ano com chave de ouro, ingressando na seleção”, declarou.

Já para Hytala Fernanda, a rotina de treinos diários somada a importantes vitórias foram essenciais para a classificação, que veio pelo segundo ano seguido. “A trajetória para chegar até aqui foi bem árdua, e estou muito confiante. Sou grata pela oportunidade de representar a UniAteneu nessa seletiva”, relata.

A competição, que credencia os atletas para as Olimpíadas de Tóquio 2020 será realizada durante os dias 11 a 13 de Dezembro no CT da CBJ, em Lauro de Freitas – BA.