Nova Rota Ásia-Ceará torna Pecém um hub portuário

Por volta das 16h do dia da segunda-feira passada (14), uma embarcação atracou no Porto do Pecém, em São Gonçalo do Amarante em uma nova rota marítima Ceará e Ásia (AC5), operada pelas companhias Maersk Line, Hamburg Süd e APM Terminals. Vindo da China, este navio irá movimentar 1.034 contêineres onde, 837 são de Transbordo (passar mercadorias, de um meio de transporte para outra linha do mesmo) o que faz do Terminal Marítimo do Pecém, um hub portuário. A movimentação de cargas de Exportação para a China tem como Valor FOB na Balança Comercial do Estado do Ceará, US$ 15,26 milhões com uma Variação de 46,6%, no período Jan-Abr/2018. (Dados MDIC).

Dentre as ações que o Porto do Pecém deverá tomar enquanto hub portuário, uma das principais está a redução do valor da taxa de frete por exportação, como foi recomendado pelos Administradores a ideia de, igualar ao valor cobrado no Porto de Santos. Atualmente as empresas pagam em torno de US$ 1.000 a mais no equipamento Cearense, em relação ao de Santos. A opinião dos executivos que operam a rota é que, se as medidas previstas forem concretizadas, vai atrair produtores do segmento de Frigoríficos e Floricultura.

Com crescimento das Exportações e Importações no Ceará o Porto do Pecém tem gerado mais de 2 mil empregos neste ano, devido tal demanda, muitos já estão se profissionalizando na Área de Gestão Portuária e Comércio Exterior, cursos já ofertados na Sede da Faculdade Ateneu do Pecém.

IMG-20180515-WA0011IMG-20180515-WA0013

Contatos: fabio.marques@fate.edu.br || (85) 3372.2500.