Nutrição

 

Curso Graduação Bacharelado Nutrição

Autorização de Curso – Portaria 583 de 17 de agosto de 2015.

Turno: Matutino | Grau: Bacharelado | Duração: 4 (quatro) anos | Unidade de oferta: Messejana 

Coordenação da Unidade Messejana:
Profa. ANNUNZIATA CUNTO DE VASCONCELOS

Currículo Resumido
ObjetivosPerfil do EgressoHabilidadesGrade CurricularCorpo Docente

Objetivo Geral

O currículo está centrado no Nutricionista como profissional de saúde generalista, que trabalha com Alimentação e Nutrição.

Sendo assim, o egresso do Curso de Nutrição da Faculdade Ateneu deverá ser capaz de exercer as competências e habilidades específicas detalhadas nas Diretrizes Curriculares do MEC, que o propiciará um enorme leque de funções e oportunidades estendendo a inúmeros postos de trabalho públicos ou privados.

Portanto, o objetivo do curso de Nutrição da FATE é formar profissional nutricionista generalista com percepção crítica da realidade, capaz de desenvolver atividades técnico-científicas específicas nas áreas da Nutrição e da Alimentação Humana, com vistas à promoção, manutenção e recuperação da saúde, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida, pautada em princípios éticos, com reflexão sobre a realidade econômica, política, social e cultural.

 

Objetivos Específicos

– Qualificar os profissionais Nutricionistas, com base em saberes específicos, que se traduzam em competências e habilidades pertinentes às suas áreas de atuação;

– Preparar profissionais criteriosos e inovadores, capazes de analisar e compreender os padrões socioculturais do meio, interagindo e realizando intervenções pautadas na ética; sendo capazes de desenvolver ações de prevenção, promoção, proteção e reabilitação da saúde, tanto em nível individual como coletivo, de forma integrada e contínua, visando à resolução do problema de saúde;

– Promover formação teórica articulada à prática, baseada numa perspectiva que contemple os conhecimentos específicos, associado a uma formação humanística e holística;

– Formar profissionais com capacidade de análise e de síntese, preparados para a solução de problemas e para a construção do conhecimento.

Considerando as Diretrizes Curriculares Nacionais para o curso de graduação em Nutrição e as atribuições do Nutricionista estabelecidas pelo Conselho Federal de Nutrição – CFN, o perfil desejado do egresso da FATE é: “formar um profissional que atue na promoção e recuperação da saúde, na prevenção de doenças, com formação generalista, humanista e crítica em todas as áreas do conhecimento de alimentação e nutrição humana, pautado em princípios éticos com reflexões sobre a realidade econômica, política e cultural”.

Espera-se também que o egresso do Curso de Nutrição da Faculdade Ateneu esteja apto, em relação à:

– Desenvolver ações de prevenção, promoção, proteção e reabilitação da saúde, tanto em nível individual quanto coletivo;

– Respeitar os mais altos padrões de qualidade e dos princípios da ética e bioética;

– Avaliar, sistematizar e decidir as condutas apropriadas, visando o uso adequado da força de trabalho, de equipamentos, de procedimentos e de práticas;

– Interagir com outros profissionais de saúde e o público em geral. Manter o sigilo e a confidencialidade das informações a ele confiadas;

– Tomar decisões e gerenciar equipes interdisciplinares visando o bem estar da comunidade;

– Gerenciar e administrar, tanto a força de trabalho, quanto os recursos físicos e materiais, sendo capaz de assumir liderança em equipes de saúde, ou mesmo enquanto gestor ou empregador;

– Aprender continuamente, seja na sua formação ou ainda na sua prática, tendo a responsabilidade e o compromisso com a educação e o treinamento das futuras gerações de profissionais, transmitindo conhecimentos e propiciando condições para o confronto da teoria com a prática;

O currículo do curso permite a integração entre as ciências exatas, biológicas e da saúde, humanas e sociais, despertando, já nos primeiros períodos da faculdade, o interesse para o desenvolvimento de competências e habilidades gerais, recebendo informações sobre os princípios e fundamentos da profissão, ressaltando sua importância, a responsabilidade do papel social e o compromisso com a cidadania.

Além das competências e habilidades gerais, o egresso deve estar apto a desenvolver ações específicas, tais como:

– Prestar assistência dietética para indivíduos e coletividade; diagnosticar, intervir e acompanhar o estado nutricional de indivíduo e grupos populacionais e aplicar os indicadores para diagnóstico do estado nutricional;

– Gerenciar atividades em alimentação e nutrição dirigidas a indivíduos, grupos populacionais e coletividades;

– Avaliar os processos socioculturais, político e econômico que influenciam a disponibilidade, acesso e aquisição de alimento com vistas à segurança alimentar e nutricional da população;

– Atuar em políticas e programas de educação, segurança e vigilância nutricional, alimentar e sanitária, visando promoção da saúde em nível local, regional e nacional;

– Participar de equipes multiprofissionais, inter-relacionando e atuando de forma reflexiva e ética, apta para assumir posição de liderança;

– Prescrever, supervisionar e avaliar dietas, exames complementares e suplementos nutricionais;

– Desenvolver o potencial dos indivíduos que atuam nas atividades de Alimentação e Nutrição para uso racional dos recursos financeiros, materiais e de informação, pautados em conhecimento técnico-científico, observando a efetividade e visando a equidade;

– Comunicar-se adequadamente, na transmissão dos conhecimentos técnico científicos;

– Manter-se continuamente atualizado, comprometendo-se com a educação das futuras gerações de profissionais com benefícios mútuos;

– Desenvolver e aplicar métodos e técnicas de ensino em sua área de atuação;

– Desenvolver atividades de auditoria, assessoria, consultoria na área de alimentação e nutrição;

– Desenvolver e avaliar novas fórmulas ou produtos alimentares para uso na alimentação humana;

– Atuar em marketing voltado a alimentação e nutrição;

– Exercer controle de qualidade dos alimentos em sua área de competência.

– Atenção à saúde: o nutricionista estará apto a desenvolver ações de prevenção, promoção, proteção e reabilitação da saúde, tanto em nível individual quanto coletivo, respeitando os mais altos padrões de qualidade e dos princípios da ética e bioética.

– Tomada de decisões: o nutricionista estará apto em qualquer situação para avaliar, sistematizar e decidir as condutas apropriadas, visando o uso adequado da força de trabalho, de equipamentos, de procedimentos e de práticas.

– Comunicação: o nutricionista será acessível, deverá interagir com outros profissionais de saúde e o público em geral, e manter o sigilo e a confidencialidade das informações a ele confiadas.

– Liderança: o nutricionista terá responsabilidade, empatia, habilidade para tomada de decisões, gerenciamento e comunicação, de modo que, em equipes interdisciplinares possa assumir papel de liderança, sempre visando o bem estar da comunidade.

– Administração e gerenciamento: o nutricionista estará apto a gerenciar e administrar, tanto a força de trabalho, quanto os recursos físicos e materiais, sendo capaz de assumir liderança em equipes de saúde, ou mesmo enquanto gestor ou empregador.

– Educação permanente: o nutricionista deverá aprender continuamente, seja na sua formação ou ainda na sua prática, tendo a responsabilidade e o compromisso com a educação e o treinamento das futuras gerações de profissionais, transmitindo conhecimentos e propiciando condições para o confronto da teoria com a prática.

 

Além das competências e habilidades gerais, o egresso deve estar apto a desenvolver ações específicas, tais como:

– Prestar assistência dietética para indivíduos e coletividade; diagnosticar, intervir e acompanhar o estado nutricional de indivíduo e grupos populacionais e aplicar os indicadores para diagnóstico do estado nutricional;

– Gerenciar atividades em alimentação e nutrição dirigidas a indivíduos, grupos populacionais e coletividades;

– Avaliar os processos socioculturais, político e econômico que influenciam a disponibilidade, acesso e aquisição de alimento com vistas à segurança alimentar e nutricional da população;

– Atuar em políticas e programas de educação, segurança e vigilância nutricional, alimentar e sanitária, visando promoção da saúde em nível local, regional e nacional;

– Participar de equipes multiprofissionais, inter-relacionando e atuando de forma reflexiva e ética, apta para assumir posição de liderança;

– Prescrever, supervisionar e avaliar dietas, exames complementares e suplementos nutricionais;

– Desenvolver o potencial dos indivíduos que atuam nas atividades de Alimentação e Nutrição para uso racional dos recursos financeiros, materiais e de informação, pautados em conhecimento técnico-científico, observando a efetividade e visando a equidade;

– Comunicar-se adequadamente, na transmissão dos conhecimentos técnico científicos;

– Manter-se continuamente atualizado, comprometendo-se com a educação das futuras gerações de profissionais com benefícios mútuos;

– Desenvolver e aplicar métodos e técnicas de ensino em sua área de atuação;

– Desenvolver atividades de auditoria, assessoria, consultoria na área de alimentação e nutrição;

– Desenvolver e avaliar novas fórmulas ou produtos alimentares para uso na alimentação humana;

  • – Atuar em marketing voltado a alimentação e nutrição;
  • – Exercer controle de qualidade dos alimentos em sua área de competência.

– ANATOMIA HUMANA
– BIOQUÍMICA
– CITOLOGIA, HISTOLOGIA E EMBRIOLOGIA
– COMUNICAÇÃO OFICIAL
– INTRODUÇÃO A NUTRIÇÃO
– ANTROPOLOGIA DA ALIMENTAÇÃO
– BIOQUÍMICA APLICADA
– FISIOLOGIA HUMANA
– METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTIFICA
– MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA
– ECONOMIA APLICADA A NUTRIÇÃO
– EPDEMIOLOGIA
– FUNDAMENTOS DA PSICOLOGIA
– PARASITOLOGIA
– PATOLOGIA GERAL
– COMPOSIÇÃO DOS ALIMENTOS E BROMATOLOGIA
– EDUCAÇÃO EM SAÚDE E NUTRIÇÃO
– FISIOLOGIA APLICADA
– NUTRIÇÃO E METABOLISMO
– SAÚDE SOCIEDADE E AMBIENTE
– AVALIAÇÃO NUTRICIONAL
– DIETOTERAPIA I
– NUTRIÇÃO NOS CLICOS DE VIDA
– TÉCNICA DIETÉTICA
– TECNOLOGIA DE ALIMENTOS
– CONTROLE DE QUALIDADE UAN
– DIETOTERAPIA II
– ESTÁGIO SUPERVISIONADO I (MODALIDADE: NUTRIÇÃO SOCIAL)
– GASTRONOMIA E NUTRIÇÃO
– HIGIENE DE ALIMENTOS E LEGISLAÇÃO
– MICROBIOLOGIA DOS ALIMENTOS
– BIOESTATÍSTICA
– ESTÁGIO SUPERVISIONADO II (MODALIDADE: ADMINISTRAÇÃO EM UAN)
– FARMACOLOGIA
– NUTRIÇÃO MATERNO INFANTIL
– SERVIÇO DE ALIMENTAÇÃO EM HOTELARIA E GASTRONOMIA
– TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO I
– DESENVOLVIMENTO DE PRUDUTOS ALIMENTÍCIOS
– ESTÁGIO SUPERVISIONADO III (MODALIDADE: NUTRIÇÃO CLINICA HOSPITALAR
– SEGURANÇA ALIMENTAR
– TÓPICOS ESPECIAIS EM NUTRIÇÃO
– TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO II

Em Breve.

Inscreva-se