Engenharia Civil

Curso Graduação Bacharelado Engenharia Civil

Portaria de Autorização – Portaria 744 de 08/12/2014 – Antonio Bezerra
Portaria de Autorização – Portaria 621 de 08/09/2015 – Messejana

Turno: Matutino/Vespertino | Grau: Bacharelado | Duração: 5 (cinco) anos | Unidade de oferta: Antônio Bezerra, Messejana  

Coordenação da Unidade Antônio Bezerra:

Prof. FRANCISCO ONIAS OLIVEIRA MOREIRA JUNIOR

Currículo Resumido
ObjetivosPerfil do EgressoHabilidadesÁreas de atuaçãoGrade CurricularCorpo Docente
O Curso de bacharelado em Engenharia Civil tem como objetivo principal a formação de um profissional crítico com capacidade de leitura dos diferentes contextos em que as organizações atuem, visando assegurar níveis de competitividade, sustentabilidade e de legitimidade frente às transformações que vem ocorrendo no mundo do trabalho. Nesse contexto, o curso deverá propiciar ao aluno o desenvolvimento de competências que consolidem a capacidade crítica e reflexiva para a formação de um profissional empreendedor e conhecedor das diversas atividades da engenharia civil, apto a desenvolver novas tecnologias em organizações comprometidas com a produtividade, com a gestão do conhecimento, com a qualidade de vida das pessoas, com a preservação ambiental e com o desenvolvimento social e econômico do país.
Tal perfil se constitui em acordo com as prerrogativas do Ministério da Educação (MEC), por meio do Conselho Nacional, que institui o modelo de enquadramento das propostas de diretrizes curriculares para um perfil do profissional egresso dos Cursos de Engenharia Civil, a saber:

Perfil Comum: formação generalista, humanista, crítica e reflexiva, capacidade para absorver e desenvolver novas tecnologias, estimulando a sua atuação crítica e criativa na identificação e resolução de problemas, considerando seus aspectos políticos, econômicos, sociais, ambientais e culturais, com visão ética e humanista, em atendimento às demandas da sociedade.

Perfil Específico: compreensão dos elementos e processos concernentes ao ambiente natural e ao construído, com base nos fundamentos filosóficos, teóricos e metodológicos da Engenharia e a aplicação desse conhecimento na busca do desenvolvimento social, domínio e permanente aprimoramento das abordagens científicas pertinentes ao processo de produção e aplicação dos conhecimentos adquiridos. Este egresso deverá possuir sólida formação para atuar como profissional da ciência da engenharia. Por conseguinte, para obter o perfil desejado, o projeto pedagógico deverá contemplar parâmetros de qualidade igualmente rigorosos no que concerne à estrutura, duração e tipos de atividades curriculares, bem como de abordagens propostas para a aquisição dos conhecimentos.

Nesse sentido, há que se destacar que o curso de Engenharia Civil da Faculdade Ateneu, a partir dos seus núcleos de aprendizado constituídos neste projeto, estabelece um profissional qualificado e preparado para encontrar soluções que visam otimizar o desempenho de processos construtivos, minimizando custos e melhorando a qualidade da edificação e do ambiente construído.

O Bacharel em engenharia civil da Faculdade Ateneu, cuja formação prevê o desenvolvimento de competências e a construção de um perfil que ao final do curso deverá ter as seguintes habilidades:

– Raciocínio espacial;
– Operacionalização relativa a conceitos de ordem de grandeza;
– Expressão e interpretação gráfica;
– Assimilação e sistematização de conhecimentos teóricos;
– Síntese, aliada à capacidade de compreensão e expressão em língua portuguesa;
– Obtenção e sistematização de informações;
– Construção de modelos matemáticos e físicos a partir de informações sistematizadas;
– Análise crítica dos modelos empregados no estudo de engenharia e concepção de soluções;
– Interpretação, elaboração e execução de projetos;
– Utilização da informática como instrumento do exercício engenharia civil;
– Dentre outras que se constituirão ao longo do seu percurso formativo.

O profissional egresso do curso superior de graduação em Engenharia Civil, em função de sua formação estará capacitado a atuar em várias frentes, entre as quais citamos:

– Construção Civil e Cálculo Estrutural: estruturas, barragens, materiais de construção, técnicas construtivas, orçamentos, fiscalização de obras, planejamentos, gestão de projetos e de obras, patologias e reabilitação das construções, projeto e análise de estruturas em concreto armado e protendido, estruturas metálicas e de madeira, alvenaria estrutural, perícias e avaliações;
– Geotecnia: mecânica dos solos, fundações, obra em terra, estabilidade de taludes, estruturas de contenção, melhoria de solos, sistemas de informação geográfica, topografia, ordenação territorial;
– Recursos Energéticos, Recursos Hídricos e Saneamento Ambiental: hidráulica, hidrologia, projetos de instalações hidrossanitárias prediais, sistemas de tratamento de esgoto, sistemas de abastecimento de água, gestão de resíduos sólidos, gestão de recursos hídricos;
– Transportes: projeção, planejamento, construção e manutenção de rodovias, ferrovias, aeroportos, portos, pavimentação, mobilidade e transporte urbano e de cargas.

Sendo diversas as subáreas da Engenharia Civil – materiais e construção civil, estruturas, transportes e geotecnia, recursos hídricos, saneamento, etc. – precisa-se dotar o profissional formado por esta IES de conhecimentos básicos de execução e concepção em todas essas subáreas, a fim de que o mesmo tenha mais facilidade quando eleger, por vocação ou necessidade, sua especialização.

De acordo com a ABENGE, CONFEA e FABESP, foram identificadas as principais características que as empresas têm adotado como referência para a seleção, treinamento e desenvolvimento de seus engenheiros:
– Capacidade de utilização da informática como ferramenta usual e rotineira;
– Boa comunicação oral e escrita, em pelo menos duas línguas;
– Sólida formação cultural e tecnológica;
– Participação em sistemas de educação continuada;
– Domínio das seguintes habilidades e posturas: criatividade e inserção no mundo; capacidade e hábito de pesquisar; exercício e desenvolvimento do senso crítico; capacidade de trabalhar em grupo e liderar pessoas; e experiência em modelos avançados de gerência.

Como a formação do discente do Curso de Engenharia Civil da Faculdade Ateneu abrange diversas áreas do conhecimento, o egresso poderá atuar ainda como profissional autônomo, empresário ou empregado em instituições financeiras, faculdades ou universidades etc.

– DESENHO E REPRESENTAÇÃO GRÁFICA
– HUMANIDADES, CIÊNCIAS SOCIAIS E CIDADANIA
– INTRODUÇÃO A ENGENHARIA CIVIL
– QUÍMICA TECNOLÓGICA E EXPERIMENTAL
– CÁLCULO II
– FÍSICA I (MECÂNICA)
– GEOLOGIA APLICADA
– GEOMETRIA ANALÍTIC E ALGEBRA LINEAR
– INFORMÁTICA E ALGORITIMO
– PROJETO INTERDISCIPLINAR I
– CÁLCULO III
– COMUNICAÇÃO OFICIAL
– ELEMENTOS DE MECANICA DOS SÓLIDOS
– ESTATISTICA APLICADA
– FISICA II (ENERGIA)
– PROJETO INTERDISCIPLINAR II
– CIÊNCIAS TECNOLOGICAS DOS MATERIAS
– FISICA III (ELETROMAGNETISMO)
– METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTIFICA
– PROJETO INTERDISCIPLINAR III
– RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS
– TOPOGRAFIA
– CIÊNCIAS DOS MATERIAIS
– DESENHO DE CONSTRUÇÃO CIVIL
– ELETRICIDADE APLICADA
– MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO CIVIL
– MECÂNICA DOS FLUÍDOS
– PROJETO INTERDISCIPLINAR IV
– CONSTRUÇÃO DE EDIFÍCIOS
– ESTATÍSTICA E SISTEMAS ESTRUTURAIS I
– ESTRADAS, PAVIMENTAÇÃO E DRENAGEM
– HIDRÁULICA APLICADA E HIDROLOGIA
– MECÂNICA DOS SOLOS I
– PROJETO INTERDISCIPLINAR V
– CONSTRUÇÃO DE EDIFÍCIOS II
– ECONOMIA DE EMPRESAS
– ERGONOMIA SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO
– ESTÁTICA E SISTEMAS ESTRUTURAIS II
– ESTRUTURA DE MADEIRAS
– MECÂNICA DOS SOLOS II
– ESTRUTURA DE CONCREDO ARMADO I
– GESTÃO E TECNOLOGIA DAS CONSTRUÇÕES
– INSTALAÇÕES ELÉTRICAS
– INSTALAÇÕES HIDRO SANITÁRIAS
– SANEAMENTO AMBIENTAL
– ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO I
– ESTRUTURAS DE CONCRETO ARMADO II
– FUNDAÇÕES
– PONTES
– TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO I
– BARRAGENS
– ÉTICA E LEGISLAÇÃO APLICADA
– GESTÃO AMBIENTAL, SUSTENTABILIDADE E CONTROLE DE RESÍDUOS
– TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO II
– TRANSPORTE E MOBILIDADE

Em Breve.

Inscreva-se